Dicas

ECONOMIAS DE ÁGUA
Os especialistas recomendam um conjunto de medidas simples para economizar água. Elas custam pouco (ou nada) — e têm efeito mensurável. Somadas, podem levar a uma redução de até 40% no consumo.

Medida: reaproveitar a água da máquina de lavar. Antes que ela se esvaia pelo ralo, faça um sistema de captação da forma mais simples possível — coloque uma bacia no tanque e direcione a ela o cano ligado à máquina de lavar. A melhor água a ser reutilizada, de acordo com os especialistas, é a da fase de enxágüe — a mais limpa.
Medida: trocar a válvula de descarga comum por um modelo desenhado para regular a intensidade do jato. Ele oferece duas opções de velocidade para a água.
Medida: instalar nas torneiras espécies de grampos que servem para reduzir a intensidade de saída da água — em geral, as torneiras fornecem mais água do que o necessário para as tarefas do dia-a-dia.
Medida: colocar nos prédios um medidor eletrônico capaz de indicar o gasto de água por apartamento. O controle mensal do consumo de água costuma resultar em menos desperdício.

Medida: ao lavar o carro use um balde. Passe o sabão no veículo e só use a mangueira para retirá-lo.

Fonte: Planeta Sustentável, Sabesp, DAEE

 

Fique de olho nas Dicas de Economia de Água!
Observe se há vazamentos em canos e não deixe torneiras pingando. Um gotejamento simples, pode gastar cerca de 45 litros de água por dia.
*Feche a torneira quando estiver escovando os dentes ou fazendo a barba. Só abra quando for usar. Uma torneira aberta por 5 minutos desperdiça 80 litros de água.
*Em vez da mangueira, use vassoura e balde para lavar pátios e quintais. Uma mangueira aberta por 30 minutos libera cerca de 560 litros de água.
*Reaproveite a água da sua máquina de lavar para lavar a calçada.
*Saber ler o hidrômetro é muito simples e pode ajudar a detectar problemas como vazamentos, percebidos pelo consumo fora do normal.

A poluição e o desperdício estão acabando com esse recurso natural precioso e finito. Segundo especialistas, a água será o pivô das próximas guerras. Prepare-se para poupar e cuidar melhor desse tesouro antes que ele evapore

 

22 de Março: Dia Mundial da Água

22 de março é comemorado o Dia Internacional da Água e muitos especialistas alertam: as próximas guerras serão desencadeadas pelo acesso a água, comida e energia. O documentário Ouro Azul (acesse o you tube) mostra como será o futuro se deixarmos as coisas como estão. E um dos palcos dessa guerra poderá ser o Brasil. Por quê? Porque somos os reis da água doce, com a maior reserva do planeta.

Mas muito da nossa água já está contaminada e em várias regiões a população sofre com a falta dela ou com péssimas condições de saneamento.  É hora de arregaçar as mangas e fechar as torneiras. Cada litro poupado é importante, por isso não é o caso de esperar apenas por ações governamentais. Faça você mesmo, economize água.

 

QUESTÕES VITAIS

No Brasil
- Somos o país mais rico do mundo em reservas hídricas, contendo 13,7% da água doce disponível na Terra.
- 40 milhões de brasileiros não têm acesso à água.
- 70% das internações hospitalares são causadas por doenças relacionadas à contaminação da água.
- Em São Paulo, estima-se que 70% da poluição das águas é de origem doméstica e 30% de origem industrial.
- O índice de desperdício de água no Brasil chega 40%, contando o setor de produção e as residências.

O QUE FAZER JÁ
- Tome banhos mais curtos.
- Se fechar a torneira na hora de escovar os dentes ou lavar as mãos, gastará até 2 litros de água. Caso contrário, consumirá 12 litros.
- Se fechar a torneira da pia da cozinha enquanto ensaboa a louça, economizará 70 litros. Antes de lavar pratos e panelas, remova bem a sujeira e não deixe restos de comida ou de óleo irem pelo ralo.
- Troque válvulas de descarga por caixas econômicas. Cada descarga com válvula consome entre 10 e 30 litros de água; a caixa gasta cerca de 6 litros.
- Conserte as torneiras que estão pingando. Cada uma pode perder mais de 40 litros por dia. Reutilize a água usada na lavagem de roupas para limpar pisos e calçadas. Troque o esguicho por vassoura e balde.
- Use a máquina de lavar roupas com a carga máxima.

 

TRANSFORMANDO NOSSO MUNDO: A AGENDA 2030 PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Esta Agenda foi elaborada pela ONU – Organização das Nações Unidas, sendo um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade. Ela também busca fortalecer a paz universal com mais liberdade. Reconhecemos que a erradicação da pobreza em todas as suas formas e dimensões, incluindo a pobreza extrema, é o maior desafio global e um requisito indispensável para o desenvolvimento sustentável.

Todos os países e todas as partes interessadas, atuando em parceria colaborativa, implementarão este plano. Estamos decididos a libertar a raça humana da tirania da pobreza e da penúria e a curar e proteger o nosso planeta. Estamos determinados a tomar as medidas ousadas e transformadoras que são urgentemente necessárias para direcionar o mundo para um caminho sustentável e resiliente. Ao embarcarmos nesta jornada coletiva, comprometemo-nos que ninguém seja deixado para trás.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e 169 metas que estamos anunciando hoje demonstram a escala e a ambição desta nova Agenda universal. Eles se constroem sobre o legado dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e concluirão o que estes não conseguiram alcançar. Eles buscam concretizar os direitos humanos de todos e alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres e meninas. Eles são integrados e indivisíveis, e equilibram as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental.

Os Objetivos e metas estimularão a ação para os próximos 15 anos em áreas de importância crucial para a humanidade e para o planeta.

Acesse o link abaixo para abrir a AGENDA 2030, elaborada pela ONU:

AGENDA 2030