Tratamento de água

A água de Brodowski é de excelente qualidade. Pode ser considerada uma das melhores do mundo.

Retirada do aquífero Guarany a cerca de 600 metros de profundidade por dois poços: Casa Branca e Contendas. A água é colocada em reservatórios para receber dosagens de cloro e flúor e distribuídos a mais de nove ligações.

A água que o SAAEB entrega em sua casa vem de uma profundidade de cerca de 600 metros. É distância de quase seis campos de futebol. Duas bombas – nos poços Contendas e Casa Branca – trabalham 24 horas por dia puxando e enchendo os reservatórios, de onde a água é distribuída para quase 10 mil pontos (residências, comércio, indústrias, escolas…).

São retirados, dos poços, a cada 30 dias, cerca de 270 milhões de litros de água. Por dia, são quase 9 milhões.  Toda essa água retirada, distribuída é colocada em cada ponto de distribuição. Ou seja, cada morador em Brodowski recebe cerca de 250 litros de água de qualidade em sua casa.

A água antes de ser distribuída recebe dosagens de cloro e flúor e chega à sua casa pronta para o seu consumo.  O cloro age destruindo ou anulando a atividade de micro-organismos patogênicos (são aqueles seres vivos que tem a capacidade de proliferarem doenças), algas e bactérias e como oxidante de compostos orgânicos e inorgânicos presentes na água.

O flúor é um elemento eficaz na proteção dos dentes contra a cárie. Nas análises, foi comprovado que com o aumento do nível de flúor em amostras matam as bactérias que provocam a cárie e há um fortalecimento nos dentes e diminuição da presença de microorganismos bucais. Há quase 40 anos, o governo brasileiro determinou que a fluoretação da água para abastecimento público é obrigatória.

Portanto, a água que você recebe tem excelente qualidade e deveria ser usada para o seu consumo. Usar essa água para lavar a casa, quintal, calçada e rua é um desperdício. No futuro, alguém vai reclamar porque nós tratamos tão mal um bem tão precioso à vida. Se houver economia, haverá mais água.